Afastar as crianças da violência das touradas

Apesar do Comité dos Direitos da Criança ter advertido Portugal a afastar os menores de 18 anos da violência das touradas, muitas crianças continuam a frequentar escolas de toureio, a participar em eventos tauromáquicos como toureiros e forcados e a ser testemunhas de episódios de violência contra animais e acidentes de grande impacto com feridos e mortos. Vamos alertar as autoridades para este problema, exigindo que seja cumprida a Convenção dos Direitos da Criança.

165 people have sent their message.